alla Filosofia Dialogica, Letteratura, Relazioni Internazionali, Scienze Interculturali, Diritti Umani, Diritto Civile e Ambientale, Pubblica Istruzione, Pedagogia Libertaria, Torah, Kabballah, Talmude, Kibbutz, Resistenza Critica e Giustizia Democratica dell'Emancipazione.



ברוך ה"ה







venerdì 16 luglio 2010

CASACOS DE PELE, PERVERSIDADE E INJUSTIÇA SEM LIMITES




No leito um filho dorme e se perde de tristeza
que lhe cria o monstro do amanhã...
no leito um filho dorme
e enterra em seu pesado sonho
todo o sonho de ser feliz e de sorrir
no leito um filho dorme e cria à boca o escarro
com que há de nos cumprimentar no dia porvir
no leito um filho dorme e nutre
ao ventre
o amargo de não entender o porquê dorme
e geme
e sua
e treme
e morre...

Pietro Nardella-Dellova

A MORTE DO POETA NOS PENHASCOS

E OUTROS MONÓLOGOS

Ed. Scortecci, 2009, pág. 29

1 commento:

Luiz Otávio Ribas ha detto...

"Donde carajo queda el buen amor, por que viven del ódio?" (Mário Benedetti)

A objetificação do animal é um processo complexo, mas que neste exemplo que tu trazes demonstra que a nossa racionalidade descolou-se da nossa animalidade.
Matar um animal para o belo precisa envolver este massacre? Com certeza não.
Matar um animal para o belo?
Matar um animal?
Matar?