alla Filosofia Dialogica, Letteratura, Relazioni Internazionali, Scienze Interculturali, Diritti Umani, Diritto Civile e Ambientale, Pubblica Istruzione, Pedagogia Libertaria, Torah, Kabballah, Talmude, Kibbutz, Resistenza Critica e Giustizia Democratica dell'Emancipazione.



ברוך ה"ה







mercoledì 1 febbraio 2012

e, então, DROGAS TOTAIS








e, então, DROGAS TOTAIS

Da família patrimonial:
Res e Res – iura in re
Utendi, fruendi, abudenti,
Vender, comprar, trocar;
Da família medieval:
Theos romano e fogo
Diabo brigando,
Senhor feudal, eclesial, militar,
Peste, ratos e juízos de deus:
Óleo fervente, chamas públicas
Cruzadas covardes...
Da família proletária:
Suor, produção, pão e sangue: prole sem fim...

Criaram-se as drogas do mundo:
Drogas multifacetadas
Drogas míticas
Drogas monárquicas
Reis e rainhas sangue azul
Fazendo cercas no mundo
Com sangue da plebe insana,
Drogas de raiz, cimento, concreto
Drogas químicas
Drogas e tabaco
Drogas televisivas
Drogas menores, drogas maiores,
Drogas incompreensíveis:
Inferno
Céu
Purgatório
Salvação
Virgindade
Diabo, diabos, demônios,
Anjos caídos, enlouquecidos,
Vinho feito sangue
Pão feito carne
Paraíso e virgens
Morte feito fé
Morte em nome da Morte
Em nome da Droga
Monoteísta, politeísta,
Teocêntrica, antropocêntrica,
Droga ecumênica:
Loucura feito crença
Mundo para ser desfeito
Cavaleiros do apocalipse
Bestas, não duas, muitas bestas
Quadrúpedes com cabeças
Degolando o mundo
Na loucura do ópio

Drogas ideológicas
Drogas democráticas da oligarquia
Drogas fascistas católicas, nazistas protestantes,
Teocráticas muçulmanas
E todos juntos, criam seus deuses
E matam em nome deles, dele,
encarnados, inspirados, ressuscitados,
ensandecidos,
com livrinhos religiosos de libertação,
Drogas do silêncio, drogas de cadáveres empilhados
À sombra de cruzes, todas as cruzes caladas, gritantes,
Papai, mamãe e filhinhos,
Pés e cabeças dominando os mesmos assentos
Drogas universitárias
Vencer, vencer e vencer
Viva os criadores de drogas tecnológicas!
Drogas sindicais
Com direito a final de semana em colônia
Na rua dos sindicatos,
Drogas políticas
Da esquerda sustentada pela direita,
Da direita aplaudida pela esquerda
Totalitarismos, autoritarismos
De bandeiras coloridas e cuecas furadas
Cuecas manchadas,
Drogas religiosas
(de muitas faces, mas sempre drogas)
Drogas o dia inteiro
Drogas a noite inteira
Drogas na madrugada
Drogas sexuais
De plástico
Flores de plástico
Boca de plástico
Músculo de plástico
Cérebro de plástico!

E todos, sem ar,
Sem olhos,
Sem audição nem paladar,
Sem toque nem olfato,
Drogados
Togados ou não,
Drogados na praça
Drogados na massa
Drogados com notas de rodapé,
Drogados
Sub-rogados
Com cartilhas na mão...
Drogas totais
Drogas tais!!!

Pietro Nardella-Dellova, in ERGA OMNES, 2012

Nessun commento: