alla Filosofia Dialogica, Letteratura, Relazioni Internazionali, Scienze Interculturali, Diritti Umani, Diritto Civile e Ambientale, Pubblica Istruzione, Pedagogia Libertaria, Torah, Kabballah, Talmude, Kibbutz, Resistenza Critica e Giustizia Democratica dell'Emancipazione.



ברוך ה"ה







sabato 6 febbraio 2010

HOMOFOBIA

NÃO SEJA BOSTA NO MUNDO,
HAI CAPITO?

Tu, não precisas ser gay, transexual, bissexual ou lésbica, e nem precisas viver em homoafetividade ou pluriafetividade, para defender gays, transexuais, bissexuais e lésbicas contra a homofobia e, também, os homoafetivos e pluriafetivos contra a estupidez do "ato jurídico" - e todos, da pesada mão conservadora, fanática, maniqueísta, punitiva, fundamentalis...ta e dogmática!


Hai capito?


Precisas, apenas, não ser bosta no mundo, não ser patife no mundo e não ser um matador calado. Precisas, apenas, não ser mudo, quando o sangue respinga na tua cara. Precisas, apenas, não ser insensível diante do massacre. Precisas simplesmente ser gente, pois é de gente que estamos falando! 


Mas, se fores bosta, bosta preconceituosa, silenciosa e indiferente, serás, então, uma bosta homofóbica silenciosa, uma bosta que consente com o apedrejamento e, por fim, depois de tanta violência multifacetada contra pessoas, serás, uma bosta coberta com o sangue humano!


Hai capito?

Pietro N Dellova, Contra a Homofobia e Bostas, 2014

1 commento:

Blog do JG ha detto...

Quando você faz parte de um processo de habilitação de casamento homoafetivo, que termina em uma oficialização, garantida pela lei; sendo você, um juiz de paz, sem qualquer preconceito, continua acreditando que 'La Legge (deve essere) uguale per tutti'...