alla Filosofia Dialogica, Letteratura, Relazioni Internazionali, Scienze Interculturali, Diritti Umani, Diritto Civile e Ambientale, Pubblica Istruzione, Pedagogia Libertaria, Torah, Kabballah, Talmude, Kibbutz, Resistenza Critica e Giustizia Democratica dell'Emancipazione.



ברוך ה"ה







lunedì 12 ottobre 2015

Sobre Duas Perguntas ao Final de uma Palestra

SOBRE DUAS PERGUNTAS
AO FINAL DE UMA PALESTRA
por Pietro N-Dellova 

Faz um ano, ao terminar de proferir uma Palestra, os presentes encaminharam várias perguntas para aquela parte da Palestra que realmente importa: o diálogo! Bem, entre as perguntas, duas das quais não me esqueço até hoje:

1) Professor, você prefere um mundo socialista ou liberal?
2) Professor, você gostaria de um mundo totalmente judaico para criar seus filhos? 

Respondi-as, respectivamente:

1) Prefiro um mundo que tenha algo a aprender com o socialismo e algo a aprender com o liberalismo, com seus pontos fortes e fracos, com seus acertos e erros, pois há lições aqui e ali; enfim, um mundo que seja, a um só tempo, um tanto socialista e um tanto liberal - e que avance, pois há algo mais além disto e daquilo!

2) Não, não gostaria de um mundo totalmente judaico. Seria uma coisa muito chata! Gostaria de um mundo, diferente deste em que vivemos agora, no qual meus filhos, Judeus, pudessem dialogar com Católicos, Evangélicos, Muçulmanos, Cristãos de matizes diversos, Hinduístas, Budistas, Espiritistas, Politeístas e Ateus. É isso, gostaria de um mundo no qual todos pudessem dialogar com todos - sem pregação, exclusão e extermínio, porque não quero meus filhos como Judeus (isso eles já são); quero-os como Seres Humanos plurais.

Pietro N-Dellova 

*
*
*

Nessun commento: