alla Filosofia Dialogica, Letteratura, Relazioni Internazionali, Scienze Interculturali, Diritti Umani, Diritto Civile e Ambientale, Pubblica Istruzione, Pedagogia Libertaria, Torah, Kabballah, Talmude, Kibbutz, Resistenza Critica e Giustizia Democratica dell'Emancipazione.



ברוך ה"ה







venerdì 12 febbraio 2016

DIZERES

DIZERES

Os antigos filósofos pressocráticos diziam:

"com a palavra água, eu digo água; com a palavra terra, eu digo terra; com a palavra fogo, eu digo fogo".


E, depois de vinte e cinco séculos, filósofos e poetas continuam dizendo:

com tetas não estou dizendo seios; com seios não estou dizendo tetas; com ejaculação não digo orgasmo; com orgasmo não digo ejaculação; com amor não digo amar; com amar não digo amor; se eu digo poesia não estou dizendo poema; se eu digo poema estou dizendo versificação; se eu digo poesia, estou dizendo poesia!



com ateísmo estou dizendo ateologismo e irreligiosidade; ateísmo não é o desprezo por "forças" que desconheço;



com feminino não estou dizendo mulher, mas feminino! se digo anarquismo não estou dizendo caos, mas, se digo capitalismo, estou dizendo caos; se eu digo casamento, estou dizendo ato jurídico, mas, se digo relação conjugal, refiro-me a algo, uma experiência, que não pode estar no ato jurídico nem na lei; se digo pai ou mãe, não estou me referindo a genitores!



se eu digo irmão, não me refiro a pessoas que saíram do mesmo ventre; se digo solidariedade, não estou dizendo esmola: esmola não é solidariedade!



se eu digo Justiça não me refiro ao Fórum nem ao que ocorre no Fórum, pois qualquer coisa ocorre no Fórum, menos Justiça! se digo Justiça, digo sociedade justa, igualitária e solidária! se eu digo, estudar o Direito, não me refiro a curso preparatório,  mas às Ciências Jurídicas e Sociais! se eu digo, estudante, não estou me referindo a matriculado! se eu digo, professor, não estou me referindo a biqueiro! estudante é estudante! matriculado é matriculado! professor é professor! biqueiro é qualquer coisa, menos professor!


se digo Direito não penso, de modo algum, em Lei, mas, se digo Lei, penso em opressão de alguns sobre todos! se eu digo Banco, estou dizendo forças do mal; mas, se digo Demônio, estou me referindo ao melhor de mim!



se eu digo amigo não estou dizendo perfil, nem contato, nem colega: colega é colega; contato é contato; amigo é amigo; perfil é fake, sempre!



e, então, digo tantas outras coisas pouco compreendidas, porque não poucas vezes eu digo tudo isso para portas, pedras, ferros e cascos, e ouço ruídos, ranger, trote e barulho que cansa, porque, agora, se digo ou emocional, mas a um palavrão! "cansa", estou mesmo querendo dizer, não algo sobre o cansaço físico



Pietro N-Dellova


*


*


Nessun commento: