alla Filosofia Dialogica, Letteratura, Relazioni Internazionali, Scienze Interculturali, Diritti Umani, Diritto Civile e Ambientale, Pubblica Istruzione, Pedagogia Libertaria, Torah, Kabballah, Talmude, Kibbutz, Resistenza Critica e Giustizia Democratica dell'Emancipazione.



ברוך ה"ה







domenica 17 luglio 2016

SOBRE VERMES E ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO

SOBRE VERMES 
E ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO

Sobre o Brasil atual, 
devo dizer algo (por respeito a mim mesmo e ao que ensino nas últimas duas décadas, bem como por honestidade intelectual e consideração ao povo): nem a Dilma Rousseff deve voltar nem o Michel Temer deve governar. Ela, porque não fez o que deveria ter feito com o mandato que, reconheço, legitimamente recebeu; ele,  porque simplesmente não presta e jamais recebeu (qualquer criança sabe disso) mandato algum!

A crise (e não me refiro à economia) promovida pelo PT, PMDB, PSDB e todos os outros lixos partidários que a eles estão ligados, tornou o Brasil amargo, odioso e uma vergonha internacional. Tal crise só pode ser resolvida pelo Povo, se ainda quisermos falar em Democracia e Estado Democrático de Direito, unicamente via Eleições imediatas e gerais. 

Fora disso, o Brasil continua sendo amargo, odioso, noveleiro, midiático, pequeno, bipolar e assumidamente um "anão debiloide" no cenário internacional. 

Pietro Nardella Dellova 

*
*

Nessun commento: